Home Cidades Mário Belo, em Paracambi: região vive isolada e distante
Cidades - Paracambi - 21 de junho de 2011

Mário Belo, em Paracambi: região vive isolada e distante

Os estudantes do único colégio da região: isolamento Foto: Cléber Júnior / EXTRAEncravada entre montanhas, a 80 quilômetros da área central do Rio, a localidade de Mário Belo, em Paracambi, parece ter parado no tempo. Com apenas dez famílias que insistem em viver distantes dos grandes centros, a área diminui a cada ano. Duas situações teriam contribuído para a extinção de Mário Belo: o fim da linha de trem de passageiros que passava pelo local e a troca do proprietário da fazenda que dava emprego a boa parte dos moradores.

A escola municipal que leva o nome da comunidade é o maior exemplo da situação do lugar: tem apenas três alunos, uma merendeira e uma professora, que também é diretora.

— Mário Belo já foi bem movimentada na época do trem. Mas a linha acabou na década de 90 e quase todos foram embora. O local é muito isolado — conta o produtor de bananas Jair do Amaral Lúcio, 44 anos, que nasceu, casou e criou os dois filhos na comunidade.

Acesso difícil

Para se chegar à localidade é preciso cruzar uma estrada de terra, separada por três porteiras e dois pontilhões. A única via de acesso. A outra, só se aventurando pela linha dos trens de carga. O isolamento é tão grande, que todos os sons ficam ainda mais salientes, do canto dos pássaros ao córrego que circunda a região.

Da estação de trem, sobraram as ruínas. A igreja virou um casarão abandonado. E há cerca de cinco anos, o posto de saúde fechou as portas. A escolinha com mais de 70 anos de existência acabou se tornando o único ponto de referência dos moradores. E Tânia Maria do Nascimento, 46 anos, se esforça para manter a atenção dos três estudantes de séries diferentes.

Enquanto Cleiton Santos, quatro anos, cursa o primeiro período da Educação Infantil, Pedro Henrique Dutra, cinco anos, faz o segundo período, e Thaís Ramalho, 12 anos, o quarto ano do ensino fundamental. Todos na mesma sala de aula.

 

Fonte: Extra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

SuperVia inaugura bicicletários na Baixada Fluminense

  A SuperVia inaugurou no dia 10 de dezembro do ano passado dois bicicletários gratui…