Home Duque de Caxias Catadores do Jardim Gramacho ganharão cestas básicas e cursos de qualificação
Duque de Caxias - Notícias - 18 de abril de 2012

Catadores do Jardim Gramacho ganharão cestas básicas e cursos de qualificação

Os catadores de materiais recicláveis do Jardim Gramacho vão receber 3.900 cestas básicas, que serão entregues no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) do bairro, nos dias 26 e 27 de abril. A doação dos alimentos faz parte das ações articuladas nas diversas reuniões realizadas pelos governos Municipal, Estadual e Federal -através do Ministério do Desenvolvimento Social – com a Sociedade Civil, em função do fechamento do aterro sanitário do Jardim Gramacho. A entrega das cestas básicas será feita mediante senha distribuída previamente aos catadores cadastrados pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH).

Além das cestas básicas, de 24 a 27 de abril, o CRAS estará inscrevendo os catadores e seus familiares em cursos profissionalizantes oferecidos em parceria com SENAC/Rio e o SENAI. As duas instituições disponibilizarão, ainda, ajuda de custo para passagem, lanche e material didático para os inscritos. Entre os cursos oferecidos até agora estão depiladora, garçom, organizador de eventos, almoxarife, padeiro e confeiteiro, pizzaiolo, cuidador de idoso, cozinheiro, eletricista, montagem e manutenção de computadores, etc.

Com a proposta de aumentar ainda mais a renda familiar dos catadores, os cursos tiveram a faixa etária reduzida, assim os adolescentes acima de 16 anos também poderão participar. As inscrições acontecerão dos dias 24 a 27 de Abril, das 8h às 16h, no CRAS Jardim Gramacho –Av. Pistóia S/N.

A ação decorreu de várias reuniões entre os governos e os representantes dos catadores, a última delas ocorrida no dia 13 de abril, no CRAS do Jardim Gramacho. Pela Prefeitura de Duque de Caxias estiveram presentes a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Roseli Duarte, a subsecretária Rosemary da Costa, a diretora do Departamento de Proteção Social Básica, Márcia Figueira e o secretário de Trabalho e Renda, Jorge Cézar de Abreu.

O evento contou ainda com a presença da Superintendente de Articulação Institucional da Secretaria de Estado do Ambiente, Denise Lobato, da responsável pela capacitação do Ministério de Desenvolvimento Social, Jacqueline Leite, da representante do SENAC Vanessa Fernandes e do representante do SESI, Luiz dos Santos, e, ainda, do representante da Secretaria Geral da República, Maurício Boechat, etc.

O secretário Jorge Cézar ressaltou a importância do contato com os empregadores, necessário para que haja um vasto leque de oportunidades para as pessoas matriculadas nos cursos profissionalizantes. “Essas pessoas estarão dispostas a passar por todo um processo de aprendizado, é primordial que o campo de trabalho para elas seja bastante vasto após este esforço. Por isso, as reais possibilidades de empregabilidade precisam ser analisadas de acordo com os cursos de capacitação”, observou o secretário.

Roseli Duarte observou que a demanda de coletores é muito grande e os espaços dos parceiros são fundamentais para atender à demanda. “O SENAC e o SENAI oferecem cursos imediatos, mas ainda não são suficientes para a procura. Precisamos ampliar o leque de parcerias para que a maior quantidade possível de pessoas seja preparada com qualidade para o mercado de trabalho”, destacou Roseli.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Artista plástico Paullo Ramos morre aos 70 anos

Morreu na madrugada de segunda-feira (06/04/2020) o artista Plástico Paullo Ramos. Paullo …