Home Duque de Caxias Caxias ganha equipamentos para medição de chuva
Duque de Caxias - Notícias - 14 de setembro de 2012

Caxias ganha equipamentos para medição de chuva

O município de Duque de Caxias passa a contar com informações de dois pluviômetros (equipamentos que servem para medir a quantidade de água que caiu durante uma chuva). Os aparelhos foram instalados na quinta-feira pelo Sistema de Meteorologia do Estado do Rio de Janeiro (Simerj), na sede da Secretaria de Integração, Segurança Pública e Defesa Civil e na Reserva Biológica do Tinguá, na divisa com Nova Iguaçu. Para monitoramento das chuvas, o Simerj orientou funcionários do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e técnicos da Defesa Civil de Duque de Caxias.

Do Simerj estiveram no município a chefe do Sistema de Meteorologia, Michelle Ribeiro, e o vice-coordenador do Sistema de Meteorologia, Honório Matheus. A equipe foi acompanhada pelo Diretor da Defesa Civil, Luis Cláudio Menezes, e técnicos do órgão.

Na ocasião, Michelle Ribeiro falou da importância dos equipamentos que registram a média pluviométrica das regiões. O pluviômetro é um recipiente cilíndrico, exposto ao ar livre para colher a água da chuva. A água da chuva será coletada diariamente entre às 9h e 10h e as informações serão enviadas ao Simerj. As médias do dia, do mês e do ano, poderão ajudar, a partir de agora, as autoridades na prevenção de ocorrências em áreas vulneráveis durante os períodos chuvosos.

A Defesa Civil de Duque de Caxias, junto com técnicos do Serviço Geológico do Departamento de Recursos Minerais do Estado do Rio de Janeiro – DRM montaram um relatório com o mapeamento das áreas de risco do município. As informações farão parte do Plano Municipal de Redução de Riscos que está sendo elaborado pela empresa Regea Geologia e Estudos Ambientais que vai sugerir medidas de prevenção. O trabalho começou em agosto e deverá estar concluído até março.

O Plano Municipal de Redução de Riscos, segundo Luís Cláudio Meneses, vai indicar ações para impedir e minimizar a ocupação de áreas de riscos em morros, junto a barreiras e margem de rios e canais, além da instalação de sistemas para o monitoramento de áreas de risco de enchentes.

“Na parceria com o Simerj e a secretaria de Estado de Defesa Civil, estamos tentando junto ao governo federal recursos para a instalação de cinco estações pluviométricas automática nos distritos. Os equipamentos enviam dados a cada quinze minutos para o sistema meteorológico”, disse o diretor da Defesa Civil Luís Cláudio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Artista plástico Paullo Ramos morre aos 70 anos

Morreu na madrugada de segunda-feira (06/04/2020) o artista Plástico Paullo Ramos. Paullo …