Home Magé Município de Magé passa a oferecer tratamento exclusivo em parceria com Estado
Magé - Notícias - 13 de março de 2012

Município de Magé passa a oferecer tratamento exclusivo em parceria com Estado

A mageense Silvania Moreira Rodrigues, 49, sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) há 10 anos e desde então sofre com as sequelas que afetaram o lado esquerdo do corpo. Nesta terça-feira, 13 de março, ela teve a oportunidade de ser um dos dez pacientes que puderam utilizar o tratamento com toxina botulínica oferecido no Hospital de Magé, através da parceria conjunta entre a Secretaria de Estadual de Saúde e a iniciativa privada.

De acordo com o secretário municipal de saúde, Ricardo Baeta, a parceria tem a intenção de levar as equipes já treinadas e com especialistas em reabilitação, para realizar a aplicação do medicamento. “Magé é um dos polos em que o governo estadual apostou para levar esse tratamento que é muito caro na rede particular. E nós vamos continuar realizando periodicamente esse agendamento para as próximas visitas da equipe ao município que serão regulares”, comemorou Baeta que também acompanhou o início das atividades do hospital.

 

Durante a intervenção realizada pelo fisiatra Sandro Dorf e com acompanhamento da equipe de fisioterapeutas do hospital, Silvania recebeu o medicamento em quatro pontos do corpo, previamente identificados mediante a avaliação do médico e com auxílio de um aparelho chamado eletroestimulador que indica o ponto exato para aplicação da toxina. O tratamento é tranquilo, tanto que a paciente até brincou com a equipe: “- Puxa mas já acabou?  Agora que tava tão bom, tava quase dormindo aqui” (sic), disse Silvania que realiza o acompanhamento fisioterápico no bairro Parque Caçula e que, segundo o profissional de saúde, não terá restrições para continuar com os exercícios da terapia. “No primeiro dia é possível sentir algum incômodo porque foi uma injeção no músculo, mas ela pode manter os tratamentos e daqui há dez dias os resultados já aparecem, com o relaxamento da musculatura”, explicou o fisiatra.

A cada três meses, os profissionais virão ao município fazer a aplicação da toxina e o Centro de Fisioterapia do Hospital de Magé vai realizar uma triagem e agendar os pacientes que necessitam e podem realizar esse tipo de intervenção. “É uma iniciativa fantástica, especialmente para os pacientes que sofrem há muitos anos com problemas de mobilidade e quadros dolorosos. Esse tratamento é uma oportunidade de um tratamento que é caríssimo na rede privada. A aplicação é um grande para a saúde de nossa população”, disse o secretário.

O tratamento

Os casos mais comuns ao qual a toxina botulínica é indicada são aqueles que os pacientes sofrem com sequelas motoras ou neurológicas devido a um AVC, paralisia cerebral, traumatismo craniano e paraplegias, além de portadores de movimentos involuntários degenerativos. Além do acompanhamento fisioterápico, que assim como o Hospital de Magé os hospitais do município já oferecem, alguns pacientes podem evoluir em sua mobilidade adicionando melhor qualidade de vida, através da aplicação deste medicamento.

O principal objetivo no uso da toxina botulínica é promover o relaxamento da musculatura, permitindo movimentos e facilitando o uso do membro afetado. A aplicação deve ser repetida no intervalo de quatro a seis meses, dependendo das necessidades de cada paciente que devem ser avaliados por um profissional de saúde.

O Centro de Fisioterapia do Hospital de Magé continua agendando pacientes para os próximos atendimentos. Os pacientes podem procurar informações e passar pela avaliação no próprio local que fica no térreo da unidade, é necessário comparecer com RG, CPF, comprovante de residência e o cartão do SUS (CNS), cada caso será analisado pelos profissionais para verificar se o tratamento com a toxina é indicado. Para entrar em contato basta ligar para o telefone (21)2633-6909, ramal 210, ou comparecer à unidade de saúde que fica na Rua Pio XII, no Centro de Magé.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Artista plástico Paullo Ramos morre aos 70 anos

Morreu na madrugada de segunda-feira (06/04/2020) o artista Plástico Paullo Ramos. Paullo …