Home Notícias ex-vocalista do grupo de reggae Negril se apresenta no Sesc Nova Iguaçu
Notícias - Nova Iguaçu - Teatro e dança - 11 de maio de 2013

ex-vocalista do grupo de reggae Negril se apresenta no Sesc Nova Iguaçu

Valnei Ainê Crédito DivulgaçãoUma mistura de ritmos e estilos e muita interatividade com o público. É o que promete o cantor Valnei Ainê no show que acontece na quarta-feira, dia 15 de maio, às 20h, no Sesc Nova Iguaçu. A apresentação do ex-vocalista da banda de reggae Negril é baseada em seu primeiro CD solo, “A Marca”, lançado no ano passado. O repertório vai mesclar releituras de canções de outros autores e músicas inéditas de Valnei, que compõem o novo disco. O show faz parte do projeto Vitrine Musical que convida intérpretes de várias vertentes a mostrar o melhor da MPB.

 

Para o álbum, o cantor buscou referências em Cassiano, Djavan, Black Uhuru e Stevie Wonder. “A ideia era fazer uma linha soul, mas um soul carioca, brasileiro, com uma linguagem própria”, diz Valnei. Assim, foram subvertidas para esta linguagem músicas como “O sol nascerá”, de Cartola, e “Redemption song”, de Bob Marley. Entre as inéditas está “Brasil país menino”, “Já foi demais!” e “A letra perfeita”, de Valnei e Luiz Carlinhos, que no CD recebeu participação dos Paralamas do Sucesso. “A Marca” tem ainda a colaboração do cantor e compositor Wilson Simoninha.

 

Outros artistas também contribuíram com a produção do disco, como o gaitista Jefferson Gonçalves na faixa “Paredes” e músicos renomados como João Fera, Bidu Cordeiro, José Monteiro, Ronaldo Silva, Rico Faria e Alex Meireles. Todos amigos conquistados ao longo da trajetória do cantor. O álbum tem produção musical de Paulo Cima, que já trabalhou com Diogo Nogueira e Beth Carvalho. O CD é distribuído digitalmente pelo selo Brasil Deluxe e está à venda no iTunes.

 

Nascido em Belford Roxo, Valnei interessou-se pela música ainda pequeno. Aos 21 anos, começou a cantar na noite, tendo contato com vários estilos e tendências. Em 1996, gravou seu primeiro CD à frente do grupo “Negril”. Mas foi o segundo álbum, “A outra margem do Rio”, produzido por Herbert Vianna, que deu projeção nacional à banda, rendendo uma indicação ao Prêmio Video Music Brasil da MTV, como banda revelação. Participou também do projeto Reggae B, como convidado do baixista Bi Ribeiro (Paralamas do Sucesso), que toca clássicos de reggae dos anos 80 e 90.

 

Serviço

Show “A Marca”, com Valnei Ainê

Sesc Nova Iguaçu: Rua Dom Adriano Hipólito, 10. Tel.: 2797-3001.

15/5/2013

20h

Ingressos: R$ 2 (associados Sesc Rio), R$ 4 (estudantes, maiores de 60 anos e jovens até 21 anos) e R$ 8 (inteira)

Classificação etária: 12 anos

Capacidade: 384 lugares

Duração: 80 minutos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Artista plástico Paullo Ramos morre aos 70 anos

Morreu na madrugada de segunda-feira (06/04/2020) o artista Plástico Paullo Ramos. Paullo …