Home Notícias Justiça autoriza exumação do corpo de Juan
Notícias - Nova Iguaçu - Polícia - 5 de agosto de 2011

Justiça autoriza exumação do corpo de Juan

A Defensoria Pública do Rio de Janeiro confirmou, nesta sexta-feira, que a Justiça autorizou a exumação do corpo do menino Juan, morto após desaparecer no dia 20 de junho, durante uma operação da PM na comunidade Danon, na Baixada Fluminense.

Ontem o defensor público Antônio Carlos de Oliveira pediu a exumação do corpo do menino. Antônio defende Edilberto Barros do Nascimento, de 43 anos, um dos PMs envolvidos no desaparecimento da vítima.

Para fazer a solicitação à Justiça, a Defensoria Pública tomou como base o laudo da perita legista que atestou que a ossada encontrada no Rio Botas, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, era de uma menina.

A chefe de Polícia Civil, Martha Rocha, chegou a assumir o erro de identificação cometido e afastou a perita.

Os quatro PMs envolvidos no caso estão presos no Batalhão Especial Prisional, em Benfica, na zona norte desde o dia 21 de julho. Segundo as investigações, testemunhas temiam prestar depoimentos à polícia. A morte de Juan gerou vários protestos em toda a cidade, contra a truculência policial.

 

 

 

Fonte: Band

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Artista plástico Paullo Ramos morre aos 70 anos

Morreu na madrugada de segunda-feira (06/04/2020) o artista Plástico Paullo Ramos. Paullo …