Home Notícias Nova Iguaçu: Fórum debate a Saúde do Homem
Notícias - Nova Iguaçu - 6 de novembro de 2012

Nova Iguaçu: Fórum debate a Saúde do Homem

Fórum debate a Saúde do Homem em Nova Iguaçu Com o lema “Homem que se cuida não perde o melhor da vida”, a Secretaria Adjunta de Vigilância em Saúde de Nova Iguaçu, através da Coordenadoria Municipal do Programa Saúde (CMPSH) do Homem, promoveu nesta segunda-feira (05/11), o “I Fórum do Programa Saúde do Homem”, no Espaço Cultural Sylvio Monteiro. O programa é um núcleo criador e organizador de atividades e projetos voltados para humanização e atenção à saúde da população masculina. O objetivo é facilitar e ampliar o acesso da população masculina aos serviços de saúde. Durante todo o dia, palestras, capacitações e debates abordaram a saúde do homem em todas as idades. O encontro foi destinado aos profissionais de saúde e áreas técnicas de Nova Iguaçu e esteve sob o comando da coordenadora do CMPSH, Léa dos Santos Leal. A cada três mortes de pessoas adultas, duas são de homens. Eles vivem, em média, sete anos a menos que as mulheres e têm mais doenças do coração, câncer, diabetes, colesterol e pressão arterial elevada. Entendendo que esses agravos são um problema de saúde pública, o Ministério da Saúde (MS) lançou em 2009 a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (PNAISH) para a promoção e ampliação do acesso masculino aos serviços de saúde. Estudos comprovam que os homens são mais vulneráveis às doenças, especialmente as enfermidades graves e crônicas. Essa ocorrência está ligada ao fato de que eles recorrem menos freqüentemente do que as mulheres aos serviços de atenção primária e procuram o sistema de saúde quando os quadros já se agravaram. Entre os palestrantes que participaram do fórum estavam: Igor Feijó Hofacker (Política Nacional de Saúde do Homem – Secretaria Estadual de Saúde); Maria Cristina de Souza Ramos (Técnica da Divisão Municipal de Prevenção da Violência); Dr. Silvio Macedo (Coordenador Municipal da Saúde do Idoso); Clesimary Evangelista Molina (Área Técnica de Saúde do Homem – Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas – Ministério da Saúde); o professor Ronaldo Damião (Coordenador do Centro de Referência Atenção à Saúde do Homem) e Kátia Aparecida Mota (Responsável Técnico pelo Controle de Tabagismo e Prevenção Primária do Câncer). “É para ampliar o acesso dos homens aos serviços de saúde que o Ministério da Saúde criou a Política Nacional de Saúde do Homem, em 2009, alinhada à Política Nacional de Atenção Básica e integrante do Programa Mais Saúde: Direito de Todos, criado em 2007”, destacou Clesimary Evangelista, do Ministério da Saúde, que em sua palestra destacou o processo evolutivo da criação da política nacional e ressaltou a importância do fórum em Nova Iguaçu para que os profissionais de saúde sejam multiplicadores, junto à população, das ações e das ideias acerca das doenças do homem. Setenta cidades, incluindo Nova Iguaçu recentemente, e todas as capitais, já aderiram à Política Nacional de Saúde do Homem. Cada uma delas recebe apoio financeiro para financiar as atividades. O cidadão encontra esse serviço nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e nas Unidades de Pronto Atendimento (Upas). “A iniciativa foca os homens de 20 a 59 anos de idade, que correspondem a 41,3 % da população masculina ou 20% do total da população, totalizando 2,5 milhões de brasileiros. Além de criar mecanismos para melhorar a assistência a essa população, a meta do Governo Federal é incentivar que eles procurem o serviço de saúde ao menos uma vez por ano, nas UBS e Upas. Precisamos incentivar e conscientizar o homem sobre a importância da realização de exames preventivos para o combate e diagnóstico precoce de doenças relacionadas à próstata, disfunção erétil, câncer de pênis e outras”, afirmou Igor Feijó Hofacker, da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Participaram ainda do fórum o secretário adjunto de Atenção Básica e Políticas Estratégicas, Ricardo de Mattos Russo, o secretário adjunto de Vigilância em Saúde, Paulo Roberto Santana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Artista plástico Paullo Ramos morre aos 70 anos

Morreu na madrugada de segunda-feira (06/04/2020) o artista Plástico Paullo Ramos. Paullo …