Home Notícias Prefeitura de Nova Iguaçu promove Seminário para Agentes de Saúde
Notícias - Nova Iguaçu - 3 de julho de 2012

Prefeitura de Nova Iguaçu promove Seminário para Agentes de Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil, através da Coordenadoria Geral da Atenção Básica, promoveu na última sexta-feira (29/06), o I Seminário de Valorização do Agente Comunitário de Saúde, na Universidade de Nova Iguaçu (Unig). Com o tema “Cuidando do Cuidador”, o pioneiro seminário teve como objetivo ressaltar a valorização do trabalho deste profissional dentro do serviço público de saúde e torná-lo ainda mais eficiente, seguro e humanizado. Cerca de 300 agentes comunitários participaram da capacitação, onde fizeram  elogios, reclamações e críticas além de esclarecerem suas principais dúvidas.

O evento contou com a presença do secretário Municipal de Saúde e Defesa Civil, Carlos Henrique Melo Reis, do coordenador Municipal de Atenção Básica, Ricardo de Mattos Russo e das representantes do Conselho Municipal de Saúde, Isabel Serra, e da Comissão dos Representantes dos Agentes de Saúde, Maria de Fátima Leal.

O secretário de Saúde, Carlos Henrique Melo Reis, destacou a importância do agente comunitário de saúde como peça fundamental para o efetivo funcionamento dentro do Sistema único de Saúde (SUS). “Há 40 anos luto para construir um melhor Sistema ínico de Saúde. Muito parecido com uma importante música da MPB, o agente de saúde precisava ir onde o povo está. Eles são o elo e a ponte vital e fundamental para que o sistema dê certo, trazendo para nas as necessidades vivenciadas nas comunidades e nas moradias. Saúde é construção social. Os agentes comunitários são o elemento de ligação da população com os gestores, o que só fortalece o Sistema único de Saúde”, afirmou o secretário.

O coordenador de Atenção Básica, Ricardo de Mattos Russo, apresentou um estudo progressivo da compreensão dos aspectos da implementação do Programa de Saúde da Família (PSF) como política pública de atenção básica. “É nosso interesse para o sistema público de saúde alguém cujos conhecimentos, familiaridade e inserção locais possam produzir uma leitura mais representativa das necessidades das demandas de seu bairro ou de sua comunidade. Além dessas tarefas de representação e organização popular, há, por outro lado, a atribuição de funções de vigilância e de controle sanitários, em que o agente comunitário é requerido não mais como representante da população, mas sim como porta-voz do sistema de saúde”, ressaltou o coordenador.

A representante da Comissão Municipal dos Agentes de Saúde, Maria de Fátima Leal,  enfatizou a relevância do seminário para o engrandecimento destes profissionais. “Este evento é uma grande conquista para nós. Somos os atores principais e ficamos agradecidos ao reconhecimento e as conquistas que tivemos como efetivação, concurso público e plano de cargos e salários”, concluiu Maria de Fátima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Artista plástico Paullo Ramos morre aos 70 anos

Morreu na madrugada de segunda-feira (06/04/2020) o artista Plástico Paullo Ramos. Paullo …