Home Queimados Queimados: Artesãos terão espaço permanente na Praça Nossa Senhora da Conceição
Queimados - 8 de julho de 2014

Queimados: Artesãos terão espaço permanente na Praça Nossa Senhora da Conceição

A Prefeitura de Queimados está afinada a comunidade de artesãos da cidade. Pensando no escoamento das suas produções artesanais os secretários municipais de Cultura, Marcelo Lessa, e de Ordem Pública, Edmilson Gomes, reuniram-se com representantes da Associação de Artesãos de Queimados, na última sexta-feira, 4 de julho. Durante o encontro foi definido que o artesanato de Queimados passará a ter um novo espaço, com maior exposição na cidade, de 15 metros, próximo à igreja da Praça Nossa Senhora da Conceição. A concessão e organização do espaço da praça é de responsabilidade da Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEMOP) e a secretaria pretende dar início ao processo de organização a partir desta segunda-feira, 7 de julho.

 

Segundo o secretário municipal de Ordem Pública é necessário realizar um trabalho organizado e de qualidade. O secretário também defendeu priorizar apenas os artesãos residentes na cidade. “Precisamos, agora, cuidar da padronização das barracas para apresentarmos um belo trabalho para a população queimadense, uma boa imagem qualifica as vendas e contribui para a convivência harmônica com a população”, destaca. Agora fica a cargo da Secretaria Municipal de Cultura (SEMUC) cuidar da padronização e qualificação das barracas. Este é um dos encontros promovidos pela SEMUC com grupos do segmento artístico e cultural para ouvir demandas e traçar dinâmicas no setor. “Precisamos ouvir e estar próximos destes grupos, saber quais as necessidades para fazermos um bom trabalho”, afirmou o secretário municipal de Cultura, Marcelo Lessa.

 

A Associação de Artesãos de Queimados existe desde 2008 e tem mais de 50 associados. O antigo espaço ficava em um quiosque próximo à antiga Delegacia de Queimados. Segundo a presidente da associação, Neurizete da Silva, este é um sonho antigo que está sendo realizado nesta gestão. “Estaremos agora no coração da cidade, temos que nos unir e fazermos um belo trabalho, podemos ser um cartão postal daqui. Essa conquista é fruto de luta, mas que agora precisa de muita união para voar mais alto”, realçou. Também participaram do encontro para mais de 30 artesãos a representante do Fórum de Economia Solidária, Luciana Bastos, a representante da Casa de Cultura, Anália Acássio – conhecida como “baiana”, e a colaboradora do Fórum de Cooperativismo, Iracy Ribeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Espaço Artesanato em Movimento chega a Queimados

Uma luta que se arrasta há mais de dez anos está perto de chegar ao seu final. Os artesãos…